O Uber é um aplicativo para solicitar serviços de transporte em carros particulares previamente cadastrados.

aplicativo-uber-vitoria
O aplicativo Uber permite que o passageiro compartilhe sua viagem com outras pessoas que estejam indo ao mesmo lugar, de modo a reduzir a despesa com transporte. Foto: Fernanda Carvalho / Fotos Públicas

A Câmara Municipal de Vitória decidiu nesta terça-feira (12), manter o veto total do prefeito Luciano Rezende ao Projeto de Lei 199/2015, que dispõe, no âmbito do município de Vitória, sobre a proibição da utilização de carros particulares cadastrados ou não em aplicativos para transportar pessoas com finalidade lucrativa. Com o veto, a empresa detentora do aplicativo Uber poderá funcionar em Vitória.

O autor do Projeto de Lei 199/2015 é o vereador Rogerinho Pinheiro, que foi taxista por 15 anos em Vitória.

Atualmente, o Uber está presente em 10 cidades do Brasil – Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Goiânia, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Em nível federal, tramita no Senado o Projeto de Lei 530/2015, de autoria do senador capixaba Ricardo Ferraço, que prevê a regulamentação em todo o Brasil dos serviços de transporte privado, como o Uber.

http://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/04/aplicativo-uber-vitoria.jpghttp://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/04/aplicativo-uber-vitoria-150x150.jpgHermann MoraesTecnologiaAplicativos,Mobilidade Urbana,Táxi,Transportes,Uber,VitóriaO Uber é um aplicativo para solicitar serviços de transporte em carros particulares previamente cadastrados. A Câmara Municipal de Vitória decidiu nesta terça-feira (12), manter o veto total do prefeito Luciano Rezende ao Projeto de Lei 199/2015, que dispõe, no âmbito do município de Vitória, sobre a proibição da utilização...Últimas notícias do Espírito Santo, Brasil e do Mundo

Comentários