Roubo de celular passa a ser “crime que não compensa” no ES

Espírito Santo é o primeiro estado brasileiro a bloquear automaticamente celulares roubados. Imagem: reprodução TVE/ES
Espírito Santo é o primeiro estado brasileiro a bloquear automaticamente celulares roubados. Imagem: reprodução TVE/ES

Em outros estados, o precedimento para bloqueio de aparelho roubado pode ser feito desde que sejam realizados antes, três passos: registro de boletim na delegacia, ter anotado o código de IMEI do aparelho (informação consta em adesivo fixado na parte de trás da bateria, no celular), e por último, ligar na operadora de telefoni móve para solicitar o bloqeuio.

No Espirito Santo, o precesso é bem mais simples, sendo o primeiro Estado brasileiro a bloquear automaticamente celulares furtados ou roubados, desde que seja registrado um boletim de ocorrência em uma delegacia de Polícia Civil. A diferença é que a vítima só precisa informar nome completo, CPF e número da linha telefônica, na própria delegacia.

Vantagens do bloqueio

Esta é uma perda material, mas em muitos casos, as informações contidas no aparelho podem representar muito mais que o valor do aparelho. Por isso, mesmo que exista um certo grau de complexidade, o bloqueio de celular roubado ainda é uma vantagem, pois impede que estranhos acessem suas informações e arquivos pessoais, gravados em seu aparelho celular. Em posse dessas informações, criminosos podem causar danos irreparáveis aos proprietários dos aparelhos.

A grande maioria dos usuários de telefones celulares nunca anota esse código, por isso na hora de solicitar o bloqueio enfrentam dificuldades, ou não conseguem efetivar o bloqueio. Foto: Thainá Mirindiba/JTN
A grande maioria dos usuários de telefones celulares nunca anota esse código, por isso na hora de solicitar o bloqueio enfrentam dificuldades, ou não conseguem efetivar o bloqueio. Foto: Thainá Mirindiba/JTN

Como acabar com o “comércio do roubo”

Em outros estados
1 – Registrar um boletim da ocorrência
2 – Entrar em contato com a operadora de telefonia móvel para informar o número de imei do aparelho (a grande maioria dos usuários de telefones celulares nunca anotam esse código, por isso na hora de solicitar o bloqueio enfrentam dificuldades, ou não conseguem efetivar o bloqueio).

Aqui no ES
1 – O proprietário do aparelho furtado pode solicitar o bloqueio na hora do registro de boletim de ocorrência, na delegacia, informando apenas o nome completo e o CPF do titular da linha, bem como o número telefônico.

Um “crime que não compensa” no ES

"Essa medida deve reduzir a médio prazo o número de crimes contra o patrimônio (furtos e roubos) em todo o estado", informa André Garcia. Imagem: reprodução TVE/ES

“Essa medida deve reduzir a médio prazo o número de crimes contra o patrimônio (furtos e roubos) em todo o estado”, informa André Garcia. Imagem: reprodução TVE/ES

Para o secretario de estado de Segurança Pública do ES, André Garcia, a medida deve reduzir a médio prazo o número de crimes contra o patrimônio (furtos e roubos) em todo o estado. “Nós buscamos atuar naquilo que está por trás das ocorrencias de furtos e roubos de celulares, que é a alimentação da cadeia criminosa de receptação dolosa, receptação culposa desses aparelhos. O ganho disso, é que esse aparelho vai se tornar inservível, não será mais atrativo para alimentação dessa cadeia criminosa e a nossa expectativa é impactar nos indicativos de crimes contra o patrimônio, especialmente nos assaltos a coletivos”, explicou o secretário.

Fonte: EBC/TVE ES

http://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/03/Imei_Celular-1024x575.jpghttp://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/03/Imei_Celular-150x150.jpgGuilherme MoraesTecnologiaAndré Garcia,bloqueio automático,celular roubado,espírito santoRoubo de celular passa a ser 'crime que não compensa' no ES Em outros estados, o precedimento para bloqueio de aparelho roubado pode ser feito desde que sejam realizados antes, três passos: registro de boletim na delegacia, ter anotado o código de IMEI do aparelho (informação consta em adesivo fixado...Últimas notícias do Espírito Santo, Brasil e do Mundo

Comentários