Pesquisa mostrou que 76% da população separa o óleo de cozinha usado, mas os eletroeletrônicos continuam sendo descartados no lixo comum por 77% dos entrevistados

Mais de 220 pessoas se reuniram pouco antes das 20h desta quinta-feira (20), para propor soluções de conservação das Lagoas de Linhares no Fórum Casa Comum 2016, organizado pela Comissão Ambiental do bairro Interlagos, formada pela Igreja Católica e Igreja Luterana junto com a Associação de Moradores do Bairro Interlagos (AMI).

Com apresentações musicais, o Grupo de Canto Coral da Igreja Luterana sensibilizou os presentes sobre a temática da preservação e conscientização para um mundo mais sustentável. Entre os versos das canções executadas, uma frase sintetizou o momento: “o saneamento de um lugar começa com o sanear do coração do próprio coração”.

Grupo de Canto Coral da igreja Luterana canta o tema da campanha "Casa Comum". Foto: JTN
Grupo de Canto Coral da igreja Luterana canta o tema da campanha “Casa Comum”. Foto: JTN

Sociedade mobilizada

Prestigiaram o momento, presidentes de associações de bairros, líderes religiosos, estudantes, professores, grupos de ciclistas, representantes do poder público municipal, estadual e moradores do bairro. “Essa união de forças em prol do bem comum de todos, que é a natureza, mostra que estamos no caminho certo. A conservação do planeta não é feita em um dia, nem mesmo em uma geração, mas sim é um ato que deve durar a vida toda”, ressaltou o presidente da Associação do Bairro Interlagos.

O evento foi uma das etapas programadas para o projeto de recuperar as Lagoas da cidade de Linhares, localizada às margens da BR101, a uma distância de 131 quilômetros da capital Vitória.

Durante a noite, foram apresentados a todos os presentes os resultados da pesquisa de campo, realizada pela Comissão Ambiental em conjunto com 9 escolas da região de abrangência da Lagoa. Durante os meses de maio a agosto deste ano, os estudantes levaram para suas casas um questionário elaborado para apoiar o planejamento de ações emergenciais na recuperação da Lagoa conhecida como Lagoa do Aviso, que percorre os bairros Araçá, Interlagos, Shell, BNH e Aviso (que dá nome à Lagoa).

Participante seguiu atento aos números da pesquisa. Foto: Guilherme Mirindiba/JTN
Participante seguiu atento aos números da pesquisa. Foto: Guilherme Mirindiba/JTN

Os resultados da pesquisa

Esses dados levantados na pesquisa irão sustentar o trabalho da Comissão na proposição de medidas que orientem o poder público nas ações de recuperação e preservação do ecossistema no entorno das lagoas de Linhares. “Essa é apenas mais uma etapa do projeto e agradecemos a todos os presentes por acreditarem que é possível mudarmos a situação de nossa lagoa”, acrescentou o Coordenador da Comissão Ambiental do Bairro Interlagos, Patrick de Oliveira Cravo, durante a apresentação do resultado da pesquisa.

"Essa é apenas mais uma etapa do projeto", declarou o Coordenador da Comissão Ambiental do Bairro Interlagos, Patrick de Oliveira Cravo. Foto: JTN
“Essa é apenas mais uma etapa do projeto”, declarou o Coordenador da Comissão Ambiental do Bairro Interlagos, Patrick de Oliveira Cravo. Foto: JTN

Quem esteve no auditório Pe. José Valdecy Romão no Centro Pastoral da Paróquia Bom Pastor, no bairro Interlagos acompanhou imagens do Mutirão realizado no último domingo (16), bem como a filmagem aérea feita com ajuda de um drone (Dispositivo aéreo pilotado remotamente) de toda a região da Lagoa. Durante a apresentação do coordenador da Comissão Ambiental, também foram mostrados alguns números importantes da pesquisa.

Entre os 2605 questionários respondidos (que simbolizam 2605 famílias), pode-se perceber que a população sabe da necessidade de cuidar dos recursos naturais, mas ainda há muito que se fazer para chegar a um patamar ideal de mobilização. Por um lado, 76% dos entrevistados afirmaram que separam o óleo de cozinha usado para dar destinação correta, porém, por outro lado os resíduos sólidos continuam sem destinação adequada, pois 77% das famílias afirmaram que jogam eletroeletrônicos no lixo comum.

Imprensa local acompanhou o evento que tem ganhado adesão da comunidade. Foto: Guilherme Mirindiba/JTN
Imprensa local acompanhou o evento que tem ganhado adesão da comunidade. Foto: Guilherme Mirindiba/JTN

Dever de todos
A comissão ambiental do bairro Interlagos está preparando um Plano de recuperação que será apresentado ao poder público municipal, cobrando ações práticas e duradouras em defesa da Lagoa. Segundo os organizadores, outras etapas serão executadas em breve, inclusive novos mutirões que inclusive irão abranger todas as margens da lagoa, com o objetivo de conscientizar a todos que o problema não é só da prefeitura, mas de cada morador da cidade.

http://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/10/DSC04439-1024x576.jpghttp://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/10/DSC04439-150x150.jpgGuilherme MoraesMeio ambienteForum,Interlagos,Lagoa,LinharesPesquisa mostrou que 76% da população separa o óleo de cozinha usado, mas os eletroeletrônicos continuam sendo descartados no lixo comum por 77% dos entrevistados Mais de 220 pessoas se reuniram pouco antes das 20h desta quinta-feira (20), para propor soluções de conservação das Lagoas de Linhares no Fórum Casa...Últimas notícias do Espírito Santo, Brasil e do Mundo

Comentários