O PMDB aprovou hoje (29), por aclamação, uma moção para se retirar da base aliada do governo da presidente Dilma Rousseff. A aliança entre PT e PMDB durou 13 anos.

desembarque-pmdb-governo-dilma
Lideranças do PMDB comemoram o afastamento do partido do governo Dilma Rousseff. Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Visando a candidatura própria à presidência da República em 2018, mais de 100 membros do Diretório Nacional do PMDB participaram da reunião de 5 minutos na Câmara dos Deputados que oficializou o desembarque do PMDB do governo Dilma. O senador Romero Jucá, que substituiu Michel Temer na reunião, afirmou que a partir de agora todos os filiados do partido, inclusive ministros, devem entregar seus cargos sob pena de abertura de processo de ética contra os envolvidos.

Com 68 deputados federais e 18 senadores, o PMDB era o principal partido da base aliada do governo Dilma no Congresso Nacional.

Veja, abaixo, a moção aprovada pelo PMDB nesta terça-feira:

Moção Nº 001/2016

A Sua Excelência o Senhor

Michel Temer

Presidente da Comissão Executiva Nacional do PMDB

Senhor Presidente,

Considerando que o Brasil sofre uma das mais graves crises econômica, moral e política de sua história;

Considerando que a crise é resultante, principalmente, de escolhas erradas nas ações do Governo Federal;

Considerando que o PMDB, embora tenha o Vice Presidente da República e formalmente participe da base do governo, nunca foi chamado para discutir soluções econômicas ou políticas para o país;

Considerando as graves denúncias de participação de integrantes do Governo Federal em escândalos de corrupção;

Considerando que as bases e a militância do PMDB já não concordam integrar o governo da Presidente Dilma Rousseff;

Considerando que a permanência do PMDB na base do governo fomentará uma maior divisão no partido;

Considerando que a manutenção do PMDB no governo vai de encontro à pretensão do partido de lançar candidato próprio na eleição presidencial de 2018;

Considerando, principalmente, o anseio do povo brasileiro por mudanças urgentes na economia e na política nacional;

Solicitamos a imediata saída do PMDB da base de sustentação do Governo Federal, com a entrega de todos os cargos em todas as esferas da Administração Pública Federal.

Delegados do Diretório Estadual do PMDB da Bahia.

http://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/03/desembarque-pmdb-governo-dilma.jpghttp://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/03/desembarque-pmdb-governo-dilma-150x150.jpgHermann MoraesImpeachment de DilmaCamara dos Deputados,Congresso Nacional,Dilma Rousseff,Michel Temer,PMDB,PT,Romero JucáO PMDB aprovou hoje (29), por aclamação, uma moção para se retirar da base aliada do governo da presidente Dilma Rousseff. A aliança entre PT e PMDB durou 13 anos. Visando a candidatura própria à presidência da República em 2018, mais de 100 membros do Diretório Nacional do PMDB participaram...Últimas notícias do Espírito Santo, Brasil e do Mundo

Comentários