O primeiro bimestre de 2016 registrou queda acentuada de receita e novos cortes em cargos comissionados em Linhares já foram anunciados pela prefeitura para os próximos dias. Medida semelhante já havia sido adotada em 2015, quando houve fusões de secretarias, exoneração de 300 comissionados, além de redução de despesas com aluguel e frota de veículos.

Segundo comunicado emitido pelas mídias sociais, a prefeitura de Linhares justifica os novos cortes pela queda dos royalties de petróleo. No período que compreende dezembro de 2014 a fevereiro de 2016, o município registrou queda de 46% dos royalties repassados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). O valor corresponde a R$ 43 milhões a menos nos cofres do município, afirma a nota.

Outras medidas que visam a redução de despesas também podem ser tomadas nos próximos dias, em virtude da crise econômica nacional. O levantamento está sendo feito pelo município e a ações de cortes de despesas começarão neste mês de março.

Fonte: PML

Foto: divulgação PML

http://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/03/prefeitura_de_linhares.jpghttp://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/03/prefeitura_de_linhares-150x150.jpgThainá MirindibaEconomia2016,Cortes Comissionados,Linhares,Petróleo,RoyaltiesO primeiro bimestre de 2016 registrou queda acentuada de receita e novos cortes em cargos comissionados em Linhares já foram anunciados pela prefeitura para os próximos dias. Medida semelhante já havia sido adotada em 2015, quando houve fusões de secretarias, exoneração de 300 comissionados, além de redução de despesas...Últimas notícias do Espírito Santo, Brasil e do Mundo

Comentários