Foto: Bloomberg

O Ministério Público de Bruxelas anunciou hoje (26), que o grupo suiço de serviços financeiros UBS, foi acusado de “grave e organizada fraude fiscal”. “O banco suíço é acusado de ter sondado clientes belgas diretamente (sem antes passar pela sua filial belga), a fim de incentivá-los a se inscrever em um esquema de evasão fiscal, informou o promotor em comunicado. A acusação foi possível após cooperação das autoridades francesas como parte de uma carta rogatória recentemente aprovada”.

Este anúncio vem uma semana após o banco UBS ter acordado com as autoridades francesas, o fim das investigações sobre um suposto caso de fraude fiscal na filial francesa do banco, entre 2004 e 2012.

O objetivo seria colocar à disposição de clientes franceses ricos, a abertura de contas na Suíça, protegidas do fisco.

À Bloomberg, o UBS disse que vai continuar a defender-se contra quaisquer alegações infundadas.

O Banco UBS

O UBS é uma empresa global que presta serviços financeiros a pessoas físicas, empresas e instituições. Está presentes nos principais centros financeiros do mundo com escritórios em mais de cinquenta países.

No Brasil, o banco UBS não oferece empréstimos, mas apenas serviços de wealth management (gestão financeira de fortunas), investmentos e gestão de ativos.

Fonte: Le Monde

http://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/02/UBS-Fraudefiscal_Bloomberg.jpghttp://jornaltempodenoticias.com.br/wp-content/uploads/2016/02/UBS-Fraudefiscal_Bloomberg-150x150.jpgGuilherme MoraesEconomiabrasil,fortunas,frança,fraude,fraude fiscal,investigação,Justiça belga,ricos,UBSFoto: Bloomberg O Ministério Público de Bruxelas anunciou hoje (26), que o grupo suiço de serviços financeiros UBS, foi acusado de 'grave e organizada fraude fiscal'. 'O banco suíço é acusado de ter sondado clientes belgas diretamente (sem antes passar pela sua filial belga), a fim de incentivá-los a se...Últimas notícias do Espírito Santo, Brasil e do Mundo

Comentários